<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1659995760901982&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

Governo promete deter desmatamento da Amazônia

Após o vazamento dos índices de desmatamento da Amazônia de 2001 e 2002, cujo anúncio estava previsto para a próxima terça feira, 1º de julho, o Ministério do Meio Ambiente (MMA), prometeu, em nota, anunciar na próxima semana medidas "com o objetivo de reverter esse quadro". O ministério culpa o governo Fernando Henrique Cardoso pelo aumento no desmatamento.Leia a nota"O Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) divulgou nesta quarta-feira dados relativos à projeção de desmatamento da Amazônia que apresentam grande incremento, passando de 18.166 quilômetros quadrados, em 2001, para uma estimativa de 25.476 quilômetros quadrados, em 2002. Frente à gravidade dos fatos, que indicam um crescimento acelerado do desmatamento nos dois últimos anos da gestão anterior, a Casa Civil da Presidência da República e os ministérios do Meio Ambiente e da Ciência e Tecnologia estão coordenando processo de avaliação detalhada dos dados com envolvimento das principais instituições públicas e privadas de pesquisa que atuam na Amazônia para avaliar cenários, tendências e propor medidas para o Governo Federal com o objetivo de reverter esse quadro, as quais deverão ser anunciadas na próxima semana.

Agencia Estado,

25 de junho de 2003 | 21h53

Selecione uma opção abaixo para continuar lendo a notícia:
Já é assinante Estadão? Entrar
ou
Não é assinante?
Escolha o melhor plano para você:
Sem compromisso, cancele quando quiser
Digital Básica
R$
0, 99
/ mês
No primeiro mês
R$ 9,90/mês a partir do segundo mês
  • Portal Estadão.
  • Aplicativo sem propaganda.
Digital Completa
R$
1, 90
/ mês
No primeiro mês
R$ 19,90/mês a partir do segundo mês
Benefícios Digital Básica +
  • Acervo Estadão 146 anos de história.
  • Réplica digital do jornal impresso.
Impresso + Digital
R$
22, 90
/ mês
No primeiro ano
R$ 56,90/mês a partir do segundo ano
Benefícios Digital Completa +
  • Jornal impresso aos finais de semana.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.