Governo quer marco regulatório para saneamento

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva recebeu hoje do ministro das Cidades, Olívio Dutra, o anteprojeto para a política de saneamento ambiental que visa à criação de um marco regulatório para o setor. Ao dar a informação, o porta-voz da Presidência da República, André Singer, disse que o projeto foi entregue num encontro no Palácio do Planalto que contou, também, com a participação dos ministros da Fazenda, Antonio Pallocci; da Casa Civil, José Dirceu; do Planejamento, Guido Mantega; da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Social, Jaques Wagner, e da Coordenação Política, Aldo Rebelo. Singer disse que o governo deverá encaminhar o projeto de lei desse marco regulatório ao Congresso dentro de 15 dias. Ele lembrou que o governo já decidiu investir, neste ano, cerca de R$ 4 bilhões em saneamento, dos quais R$ 1 bilhão está previsto no Orçamento Geral da União e R$ 2,9 bilhões deverão ser investidos por Estados e municípios.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.