Gripe aviária faz a 70ª vítima humana

O número de vítimas da gripe aviária continua crescendo. Hoje foi anunciada a 70ª morte no mundo por causa da doença. Um menino tailandês de 5 anos não resistiu ao vírus H5N1 e morreu na quarta-feira. A transmissão se dá pelo contato direto de humanos com aves infectadas.Também nesta sexta, a China anunciou mais um caso de gripe aviária em humanos. Quem se infectou foi uma mulher de 31 anos que mora na zona rural. As autoridades locais informaram que ela já se recuperou. Foi o quinto caso humano de gripe aviária no país. A Ucrânia confirmou que o vírus foi encontrado em aves em seu território. Na Turquia, mais um peru morreu por causa do H5N1.O vírus só é transmitido de para ave e de ave para humano. Os cientistas, no entanto, temem que ele sofra mutações e se torne capaz de ser transmitido de humano para humano, o que poderia provocar uma pandemia mundial da gripe aviária.Caso haja um pandemia, os EUA prevêem para si gastos imediatos de pelo menos US$ 500 bilhões, o que poderia causar uma recessão no país.   leia mais sobre gripe aviária

Agencia Estado,

09 de dezembro de 2005 | 20h30

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.