Gripe letal atinge hospitais em Hong Kong e no Vietnã

Autoridades de saúde emitiram um alerta global sobre uma gripe virulenta e pneumonia que varre um hospital de Hong Kong e outro no Vietnã. Um homem já morreu, dúzias de funcionários nos dois hospitais caíram doentes, alguns em condição crítica.A origem exata da doença ainda é desconhecida, mas o principal caso envolve um executivo americano que morreu nesta quinta-feira num hospital de Hong Kong. Ele chegou a Hanói, no Vietnã, vindo de Xangai, na China, já sofrendo de graves problemas respiratórios. Quando sua condição se complicou, foi transferido para Hong Kong.Especialistas da Organização Mundial da Saúde (OMS) temem que ele tenha transmitido a doença a diversas outras pessoas. A OMS emitiu um ?alerta global? de saúde pública, pedindo que equipes médicas de todo o mundo fiquem atentas para novos surtos. ?Sempre que não se consegue diagnosticar a causa de uma doença, a situação é séria?, disse David Heyman, da OMS. ?Felizmente, no momento isso parece restrito aos funcionários de hospital que tiveram contato com as vítimas; estamos verificando se há mais pessoas doentes na comunidade?.Depois que o americano foi internado em Hanói, 20 funcionários do hospital ficaram doentes com o mesmo tipo de infecção, e até o momento 50 funcionários em Hong Kong apresentaram os mesmos sintomas. Alguns foram hospitalizados. Desses, 23 mostram sinais claros de pneumonia. Alguns estão em ?condições críticas?. Nenhum deles teve contato direto documentado com o americano, e portanto nenhuma ligação direta com sua morte, ou com o surto de Hanói, foi estabelecida.As informações são do site da BBC. Para ler o noticiário da BBC, que é parceira do estadao.com.br, clique aqui.

Agencia Estado,

13 de março de 2003 | 14h46

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.