Grupo localiza as maiores estrelas já observadas

A KW Sagitarii não é a estrela mais brilhante da Via-Láctea, nem a mais densa. O mesmo pode ser dito de outras duas, a V354 Cephei e a KY Cygni. Porém, as três chamaram atenção dos astrônomos por serem as maiores já observadas, possivelmente com o maior tamanho que uma estrela pode atingir.Cada uma delas tem mais de 1,6 bilhão de quilômetros de diâmetro, preenchendo um espaço onde caberiam 3,4 bilhões de sóis.O tamanho de uma dessas estrelas, localizada no centro de um sistema solar, é igual à metade do caminho entre Júpiter e Saturno. Elas são duas vezes maiores do que Betelgeuse, supergigante vermelha popular entre astrônomos amadores."Sabemos, por observação e teoria, o tamanho que uma estrela pode alcançar", disse Philip Massey, do Observatório Lowell, nos EUA, que liderou a pesquisa. "Elas estão no limite do que a teoria diz sobre supergigantes vermelhas."Essa classe é formada por estrelas frias e luminosas, já no fim da vida, quando extingue o hidrogênio em seus núcleos. A fusão - processo que cria luz e energia em estrelas - e a pressão expandem suas camadas externas.O Sol deve atingir tal estágio em 4 ou 5 bilhões de anos, quando vai engolir Mercúrio e Vênus e virar uma gigante vermelha.

Agencia Estado,

12 de janeiro de 2005 | 13h25

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.