Grupo pede que Equador vete obra da Petrobras

Cientistas e ambientalistas de vários países divulgaram nesta segunda-feira um documento pedindo que o governo do Equador impeça a Petrobras de construir uma estrada no Parque Nacional Yasuni, a maior reserva natural daquele país.A Associação para a Biologia Tropical e a Conservação (ATBC, na sigla em inglês) argumenta que "estradas funcionam como ímãs na região amazônica, atraindo caçadores ilegais e agricultores que queimam a mata", segundo o texto assinado pelo seu presidente, William Laurance - do Smithsonian Tropical Research Institute.A Petrobras já obteve permissão do governo equatoriano para construir a estrada de 54km, que parte do Rio Napo, na região leste do país, segundo a agência France Presse.Os pesquisadores sugerem no comunicado que a Petrobras construa um oleoduto em vez da estrada. "Pode-se desmatar uma faixa estreita para enterrar os dutos e depois deixar que a vegetação se regenere em cima", lembra José Fragoso, da Universidade do Havaí.

Agencia Estado,

03 de janeiro de 2005 | 17h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.