Hawking continua internado para tratamento, diz universidade

O físico, que sofre de mal neurodegenerativo que o impede de falar e se movimentar, está em Cambridge

EFE,

22 de abril de 2009 | 10h01

O físico inglês Stephen Hawking, internado na segunda-feira com um grave problema de saúde, continua em tratamento, informou hoje um porta-voz da Universidade de Cambridge (sudeste da Inglaterra), onde o cientista é titular de uma cátedra.

 

Segundo o porta-voz, Hawking, de 67 anos, estava muito mal, mas começa a melhorar, e a expectativa é de que se recupere em breve.

 

O físico, que sofre de mal neurodegenerativo progressivo que o impede de falar e se movimentar, está internado no Hospital Addenbrooke, em Cambridge.

 

Segundo a imprensa britânica, o cientista, autor de Uma Breve História do Tempo, teria uma infecção respiratória.

 

Hawking, que fala com a ajuda de um sintetizador de voz e é pai de três filhos, trabalha no Departamento de Matemática Aplicada e Física Teórica. Além disso, dedica a vida a desvendar as leis que governam o universo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.