Homem vai povoar sistema solar, diz chefe da Nasa

O administrador da Nasa, Michael Griffin, que na semana passada anunciou um projeto de enviar astronautas à Lua em 2018, acredita que os seres humanos ainda vão colonizar o sistema solar. Em entrevista a repórteres e editores do Washington Post, Griffin explicou que se trata de uma questão de sobrevivência da espécie."O objetivo (da exploração espacial) não é apenas a exploração científica", disse. "Está relacionado, também, em estender o alcance do hábitat humano fora da Terra no sistema solar à medida que avançamos no tempo."Segundo ele, a longo prazo, uma espécie que habita um único planeta não sobreviverá. "Espécies têm sido eliminadas em massa a cada 30 milhões de anos em média."Griffin afirmou que haverá um novo episódio de extinção em massa e, se o homem quiser sobreviver por centenas de milhares ou milhões de anos, terá de povoar outros planetas.No momento, com a tecnologia atual, isto ainda não é possível. "Estamos na infância dessa questão", disse."Estou falando sobre o dia, que não sei quando será, quando haverá mais seres humanos vivendo fora da Terra do que na Terra. Talvez tenhamos muitas pessoas morando na Lua. Talvez tenhamos gente morando nas luas de Júpiter e em outros planetas. Talvez tenhamos pessoas fazendo seu hábitat em asteróides. Haverá lugares para os quais os seres humanos irão, não no nosso tempo de vida, mas eles irão."

Agencia Estado,

27 de setembro de 2005 | 12h24

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.