Homens arrojados têm menos chances com mulheres

Ao contrário do que é comumente imaginado, os homens não deveriam ter práticas arriscadas, tais como dirigir em alta velocidade ou ser atleta de esportes de aventura, com o intuito de atrair e conquistar as mulheres. Elas preferem homens cuidadosos. Pelo menos é o que aponta o estudo realizado por William Farthing, da Universidade do Maine, EUA, com base em pesquisa com 100 mulheres e homens jovens. O estudo é publicado na revista britânica New Scientist, nesta quinta-feira.Depois de obter o resultado extraído de sua pesquisa, Farthing se perguntou por que, então, isso não se refletiu durante a evolução humana, quando somente os mais aptos a enfrentarem barreiras como clima hostil e predadores sobreviveram.Sua hipótese e a de que este tipo de homem arrojado, embora espante as mulheres, atraia a atenção de seus pares masculinos, o que gera competição. Aí sim, na competição masculina - e no resultado advindo dela -, reside o verdadeiro interesse feminino, de acordo com o pesquisador.Seu estudo foi publicado também na revista especializada Evolution and Human Behavior, referência para o tema, como sugere o nome (Evolução e Comportamento Humano).

Agencia Estado,

13 de abril de 2005 | 20h39

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.