Hubble descobre o menor objeto do Cinturão de Kuiper

Colisões entre corpos localizados nos confins no Sistema Solar geram fragmentos cada vez menores

estadao.com.br,

13 Janeiro 2010 | 14h07

O Telescópio Espacial Hubble descobriu o menor objeto já avistado no Cinturão de Kuiper, a região do Sistema Solar que se estende para além da órbita de Netuno e que abriga planetas-anões como Eris e Quaoar. O objeto descoberto tem apenas 1 km de diâmetro e fica a mais de 6 bilhões de quilômetros da Terra.

 

Ilustração do objeto de 1 km de diâmetro descoberto nos limites do Sistema Solar. Nasa

 

Observações de estrelas próximas feitas pelo Hubble mostram que muitas delas têm discos de rocha e gelo semelhantes ao Cinturão de Kuiper. Esses discos são as sobras do processo de formação de planetas. Pesquisadores acreditam que, ao longo de bilhões de anos, os corpos desses cinturões devem colidir entre si, reduzindo-se a pedaços cada vez menores.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.