Ibama aplica multa de R$ 10 milhões por acidente em Uberaba

A Ferrovia Centro-Atlântica (FCA) foi multada nesta quarta-feira em R$ 10 milhões pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) devido aos danos causados ao ambiente e pela interrupção do abastecimento de água da cidade de Uberaba, no Triângulo Mineiro, em decorrência do acidente com um trem carregado de produtos químicos tóxicos, ocorrido na madrugada desta terça-feira.Segundo o superintendente-executivo do Ibama em Minas, Roberto Messias Franco, as multas foram aplicadas de acordo com dois artigos da Lei de Crimes Ambientais. A empresa também foi multada em R$ 5 mil pela queima de vegetação em área depreservação permanente.De acordo com Messias, esta é "possivelmente" a maior multa aplicada pelo Ibama em Minas. O descarrilamento de 18 vagões do trem atingiu o Córrego Alegria e depois o Rio Uberaba, que abastece a cidade, obrigando à interrupção da captação de água do município.Os vagões, que tombaram e pegaram fogo, transportavam mais de 860 mil litros de produtos químicos, entre eles octanol, metanol, isobutanol e cloreto de potássio.

Agencia Estado,

11 de junho de 2003 | 20h04

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.