Ibama apreende 1 tonelada de camarão em 3 Estados

O Instituto Nacional do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) apreendeu mais de uma tonelada de camarão pescado ilegalmente nos Estados do Rio de Janeiro, Alagoas e São Paulo. A apreensão é resultado da operação Semana Santa, período de reprodução dos crustáceos e época em que a pesca é proibida.No litoral do Rio de Janeiro, foram apreendidos 600 quilos de camarão e aplicadas quatro multas, no valor total de R$ 8,5 mil. Em Alagoas, 400 quilos do crustáceo foram apreendidos em embarcações ilegais e as multas chegam a R$ 5 mil. Em São Paulo, a pesca e o comércio ilegais de crustáceos já rendeu R$ 13,5 mil em multas. A captura dos camarões rosa, branco e sete barbas está suspensa em várias regiões do país. No Nordeste, a proibição da pesca do camarão termina no dia 15 de maio. Nas regiões Sul e Sudeste, a suspensão vai até o final do mês.Quem desrespeitar a lei terá os equipamentos de pesca apreendidos e pagará multa de até R$ 100 mil. Bares, restaurantes e frigoríficos também estão impedidos de comercializar os camarões capturados no período de suspensão da pesca, que começou em 1º de abril.A pesca da lagosta também está proibida em todo o litoral brasileiro até o dia 30 de abril. Na última quarta-feira, 13 quilos e meio de lagosta e duas tartarugas mortas foram apreendidas no litoral norte da Bahia. A lagostas apreendidas foram doadas para a Associação de Moradores de Arembepe, a 30km de Salvador. As informações são da Agência Brasil.

Agencia Estado,

09 de abril de 2004 | 23h21

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.