Ibama apreende 160 toras cortadas em área protegida

Fiscais do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama) apreenderam 160 toras de madeira e 500 estacas de árvores, prontas para serem vendidas, numa reserva florestal próxima ao município de Água Preta, a 130 quilômetros da capital pernambucana.De acordo com o coordenador da Fiscalização do Ibama, Antônio Carlos Martins, a área onde ocorreu a apreensão é de Mata Atlântica, protegida por lei. A madeira seria usada na fabricação de móveis e no setor de construção civil.Durante a operação, três madeireiros fugiram e foram presos apenas um motorista e um comerciante. Os envolvidos em crime ambiental poderão pegar até três anos de prisão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.