Ibama assume reserva protegida por moradores

A Reserva do Alcobaça, uma área de preservação ambiental com mais de 2,280 milhões de metros quadrados de mata atlântica, na região de Petrópolis (RJ), passa nesta terça-feira a pertencer ao Ibama, fazendo parte do o Parque Nacional Serra dos Órgãos.A reserva pertence atualmente à Caixa Econômica Federal (CEF) e a doação representa uma vitória dos moradores da região, que desde os anos 80 lutam contra a construção de conjuntos habitacionais na área. Alcobaça é rica em recursos hídricos que abastecem há mais de 100 anos o bairro da Cascatinha, em Petrópolis, hoje com 10 mil moradores.A assinatura do termo de doação vai reunir no salão da Igreja de Cascatinha a ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, o presidente da CEF, Jorge Mattoso, e o presidente do Ibama, Marcus Barroso, além de moradores da região.Do BNH à CEFA Reserva Ecológica do Alcobaça foi criada em maio de 1989 e seu estado de conservação é considerado excelente. Uma associação dos moradores da região foi, em grande parte, responsável por garantir que ainda hoje a reserva tenha um ecossistema representativo da mata atlântica, com trechos de mata primária.A área foi propriedade da Companhia Petropolitana de Tecidos e, com a falência da empresa, foi vendida em 1982 ao antigo Banco Nacional de Habitação (BNH), que pretendia construir ali 2,5 mil unidades habitacionais. Em 86, com a extinção do BNH, a área foi passada para a CEF.

Agencia Estado,

06 de junho de 2005 | 15h20

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.