Ibama devolve à natureza 600 canários apreendidos com traficantes

Na próxima semana o Ibama reintroduz na natureza 600 canários-da-terra que foram apreendidos no mês passado em operação de fiscalização no extremo sul da Bahia. Os pássaros passaram por período de readaptação alimentar e fortalecimento muscular. Todas as aves também receberam preventivamente antibióticos e vermífugos para evitar que transmitam doenças às populações de pássaros que venham a encontrar na natureza. Os canários-da-terra serão divididos em três grupos de 200 e libertados em áreas rur ais com mais de 100 hectares mantidos por proprietários que realizam trabalhos de preservação ambiental. Os locais não podem ser revelados para evitar a ação de traficantes de animais silvestres. Micos-leões-da-cara-dourada, também apreendidos o mês passado pelo Ibama, em Eunápolis(BA), vão para zoológico deRibeirão Preto (SP). O destino foi decidido pelo Comitê Internacional para Proteção e Manejo dos Leontopithecus e levou em conta a capacidade do zoológico de atender às exigências do Comitê para a manutenção dos exemplares da espécie. As informações são da Agência Brasil.

Agencia Estado,

30 de setembro de 2003 | 17h43

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.