Ibama investiga desvio de caminhão-pipa

A assessoria do Ibama informou nesta quarta-feira que está apurando a acusação de desvio de um caminhão-pipa no município São João da Barra ? em que 15 mil pessoas enfrentam a escassez de água ? pelo biólogo e analista do órgão Jefferson Figueira de Mello.O caminhão tem capacidade para dez mil litros de água. A denúncia foi publicada nesta terça-feira pelo Estado.A diretoria de Operações da Cedae recebeu nesta quarta-feira o relatório do funcionário que acusa o analista. Segundo o superintendente da Cedae no interior norte do Estado, Marcos Túlio, o documento será encaminhado ao Ibama.Mello, segundo a acusação, obrigou um funcionário da Cedae a liberar um caminhão-pipa para abastecer exclusivamente o restaurante Boller, na Rua Joaquim Thomaz de Aquino Filho, centro de São João da Barra, por volta das 23 horas de sexta-feira.

Agencia Estado,

09 de abril de 2003 | 19h47

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.