Ibama solta 400 mil tartarugas no Xingu

Os técnicos do Instituto Brasileiro doMeio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) em Senador José Porfírio, no sudoeste do Pará, começaram a soltarhoje cerca de 400 filhotes de tartaruga nas águas do Rio Xingu. A produção deste ano bateu recorde em relação aos anos anteriores, apesar de trinta mil filhotes terem morrido nas covas onde se abrigavam, na praia do Embaubal, durante o período de desova. A cheia do rio, a superlotação do tabuleiro e a inundação da praia teriam sido a causa da mortandade. O gerente do Ibama em Altamira, Carlos Bicelli, comemorou o número de tartarugas vivas que agora começam a povoar as águasdo Xingu e de seus afluentes, como os rios Iriri e Curuá. "Agora elas começam a se adaptar ao ambiente natural e devem procurar opróprio alimento".

Agencia Estado,

15 de janeiro de 2004 | 16h35

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.