Ibama soltará 400 aves em floresta do Paraná

Cerca de 400 aves, apreendidas em novembro último no município de São Manoel, interior de São Paulo, serão soltas pelo Ibama amanhã na Floresta Nacional de Irati, região centro-oeste do Paraná. Os cerca de 350 canários-da-terra e 50 azulões deverão sair hoje à noite do Zoológico de Bauru, onde estavam provisoriamente.Segundo Lélia Lourenço Pinto, chefe do escritório do Ibama em Bauru, das cerca de 600 aves encontradas na operação - a maior apreensão já realizada no interior do Estado -, 100 acabaram morrendo e 100 permanecerão em cativeiro, pois não têm condições de soltura. ?As aves estão sendo encaminhadas para esta Flona porque estudos demonstram ser a região de origem desses animais e assim terão maiores chances de sobreviver?, explica. As aves foram encontradas na casa de um casal de meia idade, a partir de uma denúncia anônima. A partir desta e outras apreensões, o órgão ambiental pretende descobrir as rotas do tráfico de animais no Estado.

Agencia Estado,

28 de fevereiro de 2002 | 15h48

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.