Identificado gene que pode estar ligado à dislexia

Cientistas britânicos acabam de descobrir um gene que pode estar ligado a uma das causas da dislexia. Os autores do estudo, da Faculdade de Medicina da Universidade de Cardiff, acreditam que a descoberta leve a um melhor entendimento dos mecanismos que levam à manifestação do transtorno de aprendizagem.O estudo foi feito com a análise do DNA de integrantes de 300 famílias com pelo menos uma criança com o distúrbio, do País de Gales e do oeste da Inglaterra. O gene, descoberto pela equipe liderada por Julie Williams e Michael O´Donovan, ganhou o nome KIAA0319.?Trata-se de um grande avanço, por ser a primeira identificação de um gene que pode contribuir para a suscetibilidade da dislexia?, disse Julie, em comunicado da Universidade de Cardiff.Os pesquisadores pretendem continuar o estudo com mais famílias voluntárias, para entender melhor a relação do KIAA0319 com o distúrbio de aprendizagem. Segundo afirmam, há ainda muito a ser feito até sejam descobertas as causas e possíveis formas de tratamento para o transtorno.

Agencia Estado,

07 de março de 2005 | 13h13

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.