IDH mostra que estamos no caminho certo, diz ministro

Para Patrus Ananias, há espaço para o País subir mais no ranking de desenvolvimento humano da ONU

Leonardo Goy, da Agência Estado,

27 de novembro de 2007 | 11h12

O ministro do Desenvolvimento Social e Combate a Fome, Patrus Ananias, disse nesta terça-feira, 27, que, se as atuais políticas sociais do governo forem mantidas e expandidas, o Brasil deve continuar subindo no ranking do Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) das Nações Unidas. "A pesquisa mostra que estamos no caminho certo. Há espaço para subirmos mais de posição", disse Patrus.   Veja também: Brasil entra para o clube do alto desenvolvimento humano Relatório da ONU pede corte 80% na emissão de CO2 até 2050 Relatório da ONU defende etanol brasileiro Em artigo, Lula defende 'ação nacional para desafio global' Para especialista, ranking da ONU adota 'rótulos artificiais' A evolução dos países   Patrus Ananias participa nesta terça, no Palácio do Planalto, da cerimônia de lançamento mundial do Relatório Pnud de Desenvolvimento Humano 2007/2008. Segundo a pesquisa, o Brasil entrou no grupo de elite de alto desenvolvimento humano.   O ministro afirmou, entretanto, que a avaliação do governo sobre os números do IDH "não é ufanista". "Os números mostram que estamos traçando um caminho correto, mas temos uma dívida social muito grande", afirmou.   Patrus Ananias defendeu a aprovação da CPMF classificando o tributo como "justo e progressivo".Ele admitiu que a não aprovação da CPMF terá impactos nas políticas sociais do governo. Ele, porém, evitou comentar se o governo trabalha com um plano alternativo caso o Senado não aprove a CPMF.

Tudo o que sabemos sobre:
IDHPatrus Ananias

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.