Incêndio consome 40% da Serra da Canastra

Aproximadamente 30 mil hectares do Parque Nacional da Serra da Canastra, em Minas Gerais, foram destruídos por um incêndio iniciado no último sábado e controlado somente na manhã desta sexta-feira. Segundo o gerente executivo do Ibama no Estado, Jader Figueiredo, 40% da área do parque, que tem um total de 71,5 mil hectares e abriga a nascente do Rio São Francisco, foi atingida pelo fogo.Sessenta pessoas entre funcionários do Ibama, homens da brigada de incêndio do parque, voluntários e policiais militares trabalharam no combate ao fogo que, segundo Figueiredo, teve origem criminosa. A Serra da Canastra é composta por vegetação rasteira, o que facilita a propagação das chamas. Ontem, o ministro do Meio Ambiente, José Carlos Carvalho, sobrevoou o parque e autorizou a contratação de reforço para o combate ao fogo.FocosO número de incêndios florestais em Minas Gerais apresentou um crescimento significativo na primeira quinzena de outubro deste ano, na comparação com igual período do ano passado, segundo dados pelo Instituto Estadual de Florestas (IEF), com base no monitoramento por satélite do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). Do dia primeiro até o dia 17, foram registrados 2.797 focos de calor no Estado. Durante todo o mês de outubro de 2001, o Inpe registrou 528 focos.O fator primordial para o aumento, de acordo com técnicos do IEF, é a combinação de baixa umidade relativa do ar e temperaturas elevadas - que estão acima da média histórica do período. "É uma situação agravante para o Estado, mas as questões climáticas não estão ajudando", diz Lúcia do Espírito Santo Arcebispo, coordenadora de monitoramento do instituto. Dois municípios mineiros - Uberaba, no Triângulo, e Barbacena, na Zona da Mata - já decretaram estado de emergência por causa da seca que vem comprometendo o abastecimento de água das populações.

Agencia Estado,

18 de outubro de 2002 | 17h33

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.