Incêndio em Barcelos deixa rastro de 240 km ²

O gerente executivo do Ibama no Amazonas, José Leland, garantiu nesta quinta-feira que o incêndio no município de Barcelos, a 400 quilômetros de Manaus, está controlado. Não houve vítimas fatais, apesar de uma semana defogo intenso, mas os danos ambientais, segundo ele, são muito grandes. ?Foram queimados 240 quilômetros quadrados de floresta amazônica. Isso é um desastre?, disse.Com o fogo controlado, o Ibama tentará agora descobrir as causas do incêndio. Tudo indica que ele começou a partir de fogueiras acesas por pescadores. Foram encontrados indícios de uma fogueira em uma praia às margens do rio Negro. ?Mas somente após a conclusão dos relatórios técnicosteremos essa confirmação?, explica Leland.A partir deste incidente, o município de Barcelos passará a fazer parte do calendário de ações do Programa de Prevenção e Controle de Queimadas e Incêndios na Amazônia Legal (Proarco), já sendo considerada como região de risco potencial pelo Ibama. ?Até então não havia registro de fogo no local. Agora é diferente?, completou.

Agencia Estado,

06 de março de 2003 | 19h28

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.