Indianos usam curativo de batata em queimadura

Médicos de um hospital do Estado indiano de Kerala, no sul do país, decidiram começar a produzir gaze usando casca de batata, após comprovar sua eficácia no tratamento de queimaduras.Segundo o jornal indiano Hindustan Times, a equipe médica do hospital Jubilee Mission Medical Colege, localizado na cidade de Thrissur, começou a aplicar há algum tempo casca de batata fervida às queimaduras. Os curativos aceleravam a recuperação, além de ser mais baratos que qualquer outro remédio.O diretor do hospital, Francis Alapat, afirma que a técnica foi descoberta quando se buscavam modos de baratear o tratamento. A casca de batata começou a ser usada após a visita do conhecido cirurgião M.H. Kesvani a este centro.Kesvani "demonstrou como a casca de batata fervida pode prevenir a desidratação das vítimas de queimaduras", relatou o diretor. Após esta descoberta, o hospital iniciou a fabricação de gaze de casca de batata, cujo custo de produção é equivalente a R$ 1,80 o metro.Não colaP.V. Narayanan, do Departamento de Cirurgia Plástica, afirma que os curativos feitos com esta gaze têm também a vantagem de não colar na pele e poderem ser retirados sem dor.Cerca de 150 rolos desta gaze são utilizados a cada semana neste centro hospitalar, que recolhe a casca de batata de hotéis da cidade. "Após lavar as cascas e fervê-las, elas são inseridas em faixas tradicionais de gaze e depois secam ao sol", explica Narayan. Antes do uso, a gaze é esterilizada na unidade de queimaduras.A casca de batata foi um remédio caseiro utilizado há muito tempo no mundo, mas sua eficácia não foi demonstrada cientificamente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.