Indianos usam curativo de batata em queimadura

Médicos de um hospital do Estado indiano de Kerala, no sul do país, decidiram começar a produzir gaze usando casca de batata, após comprovar sua eficácia no tratamento de queimaduras.Segundo o jornal indiano Hindustan Times, a equipe médica do hospital Jubilee Mission Medical Colege, localizado na cidade de Thrissur, começou a aplicar há algum tempo casca de batata fervida às queimaduras. Os curativos aceleravam a recuperação, além de ser mais baratos que qualquer outro remédio.O diretor do hospital, Francis Alapat, afirma que a técnica foi descoberta quando se buscavam modos de baratear o tratamento. A casca de batata começou a ser usada após a visita do conhecido cirurgião M.H. Kesvani a este centro.Kesvani "demonstrou como a casca de batata fervida pode prevenir a desidratação das vítimas de queimaduras", relatou o diretor. Após esta descoberta, o hospital iniciou a fabricação de gaze de casca de batata, cujo custo de produção é equivalente a R$ 1,80 o metro.Não colaP.V. Narayanan, do Departamento de Cirurgia Plástica, afirma que os curativos feitos com esta gaze têm também a vantagem de não colar na pele e poderem ser retirados sem dor.Cerca de 150 rolos desta gaze são utilizados a cada semana neste centro hospitalar, que recolhe a casca de batata de hotéis da cidade. "Após lavar as cascas e fervê-las, elas são inseridas em faixas tradicionais de gaze e depois secam ao sol", explica Narayan. Antes do uso, a gaze é esterilizada na unidade de queimaduras.A casca de batata foi um remédio caseiro utilizado há muito tempo no mundo, mas sua eficácia não foi demonstrada cientificamente.

Agencia Estado,

17 de junho de 2005 | 12h51

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.