Índios prestam homenagem a Villas Bôas na Missa de 7º Dia

Índios de diversas tribos xinguanas compareceram à missa de sétimo dia em memória do Orlando Villas Bôas, celebrada nesta quinta-feira na Igreja de Nossa Senhora de Fátima, no Alto da Lapa.Um deles, Pirakumã, da etnia Yawalapiti, fez um discurso emocionado, em que recordou o convívio de seus pais com o sertanista, a quem disse considerar ?um avô?. Chorando muito, ele anunciou que as tribos do Xingu acabam de escolher Noel Villas Bôas, o filho mais moço, de 27 anos, como continuador do trabalho do pai no Parque Indígena. Marina Villas Bôas, viúva de Orlando, disse que já está arrumando suas coisas com o objetivo de retomar seu trabalho no parque. Noel é estudante de Direito.Estiveram presentes à cerimônia amigos e pessoas que trabalharam com Orlando em diversas épocas, como o médico Murillo Vilella e Maurício Andreata, que prestou assistência às tribos nos anos 60, a serviço da FAB.

Agencia Estado,

19 de dezembro de 2002 | 22h54

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.