Índios também se beneficiaram

Os bons resultados obtidos pelo Programa Piloto para a Proteção de Floresta Tropicais, junto a comunidade amazônicas e da Mata Atlântica inspiraram a criação do Subprograma Projetos Demonstrativos dos Povos Indígenas (PDPI), em junho de 2000. O objetivo é apoiar iniciativas de comunidades indígenas da Amazônia Legal, que fortaleçam suas culturas, a manutenção dos modos de vida tradicionais, sem deixar de desenvolver alternativas de atividades econômicas sustentáveis, com a necessária proteção de seus territórios e recursos naturais. Ampliou-se, assim, o atendimento aos índios dentro do PP-G7, que até então estava previsto apenas no Projeto de Proteção às Populações e às Terras Indígenas (PPTAL), que também tem resultados significativos: entre 1996 e 2002, foram demarcadas 59 novas terras indígenas, num total de 29 milhões de hectares na Amazônia. As demarcações contaram com a participação das sociedades indígenas e possibilitaram a realização de projetos de diagnósticos etnoambientais e de vigilância comunitária das áreas demarcadas.

Agencia Estado,

23 de junho de 2002 | 06h55

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.