Inpe e França começam lançamentos de balões no Piauí

O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), de São José dos Campos (SP), e o Centro Nacional de Estudos Espaciais da França deram início, neste fim de semana em Teresina, ao lançamento de dez balões estratosféricos.O primeiro foi lançado com um dia de antecedência, do Aeroporto de Timon, na divisa entre os estados do Maranhão e Piauí. Segundo o coordenador da missão, José Oscar Fernandes, foi possível antecipar o lançamento, antes previsto para domingo."Ele voou o número de horas previstas e com sucesso", disse.O balão levava consigo o experimento Ozone Sampler, desenvolvido na Alemanha, que tinha por objetivo obter amostras do ar para estudos de ozônio, dióxido de carbono e vapor de água em várias altitudes da atmosfera."Depois de cinco horas de vôo, o experimento se desprende do balão e a carga científica desce de pára-quedas. Já o balão, foi recuperado noMaranhão."O próximo lançamento será na terça-feira.A missão científica deste ano, que segue até 10 de julho, tem ainda como objetivos lançar pesquisas sobre o transporte do ozônio na camada da estratosfera e a medida de outros gases e estudos para a validação dos dados obtidos pelos instrumentos do satélite europeu Envisat.Também serão feitos testes dos equipamentos a serem usados na próxima missão européia para meteorologia, denominada Metop.

Agencia Estado,

05 de junho de 2005 | 16h12

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.