Instalada barreira para conter vazamento de combustível

A Companhia de Tecnologia em Saneamento Ambiental (Cetesb) instalou ontem uma barreira de 40 metros nas margens da rodovia Rio-Santos (SP-55), na altura do quilômetro 202, em Bertioga, para evitar que a gasolina e o álcool que vazaram de um caminhão tanque, se espalhem no mangue e atinjam o rio Itaguaré, no litoral de São Paulo. O acidente, que envolveu o caminhão que transportava o combustível, tombou no último sábado, provocando o derramamento de 2 mil litros de combustível na estrada.A contenção foi indicada pelos técnicos da Cetesb, que avaliaram que a entrada no mangue para recolher o combustível seria mais danosa ao meio ambiente. A barreira deverá permanecer no local por cerca de 15 dias, até que todo o material derramado evapore e não apresente ameaça ao rio. Segundo a Cetesb, a região afetada não é área de captação de água para abastecimento e, por isso, não representa um risco imediato.

Agencia Estado,

07 de outubro de 2002 | 12h45

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.