Japão ajuda a melhorar trilhas da Chapada dos Veadeiros

O governo do Japão e o WWF-Brasil assinam amanhã, em Brasília, contrato no valor de US$ 48,341 para que a organização não-governamental implemente o Projeto de Manejo do Sistema de Trilhas do Parque Nacional d a Chapada dos Veadeiros (PNCV), em Goiás.De fevereiro a novembro próximo o WWF-Brasil, com a supervisão e acompanhamento da Diretoria de Ecossistemas (Direc) do IBAMA, segundo a Agência Brasil, implementará o sistema de trilhas interpretativas dos saltos, cânions, pedreiras e da Rodoviarinha no Parque. Em caráter complementar vai elaborar material informativo e de educação ambiental sobre a Chapada para servirem de instrumento de fortalecimento do ecoturismo de base comunitária nos municípios da região. O PCNV é um dos mais bem cuidados e visitados no país. Localizado a cerca de 250 Km de Brasília e 36 Km de Alto Paraíso, em Goiás, até 1997 ele recebia uma média de 30 mil visitantes por ano. Este número cresceu muito nos últimos anos, gerando excedente de turistas que não podem visitar o parque devido a capacidade de carga. A sobrecarga nas trilhas e a falta de monitoramento causam erosão, além da sensação de abandono e insegurança para os visitantes. Como não há sinalização, sealguém se afasta de um grupo de visitação, ou mesmo entrar desacompanhado de guia - o que é proibido -, perde-se comfacilidade.

Agencia Estado,

22 de janeiro de 2004 | 19h37

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.