Japão ratifica Protocolo de Kyoto contra o aquecimento global

O Japão ratificou nesta terça-feira o Protocolo de Kyoto contra o aquecimento global e pediu aos Estados Unidos e outros países que se unam aos esforços para reduzir a emissões de gases causadores do efeito estufa.O gabinete do primeiro-ministro do Japão, Junichiro Koizumi, deu sua aprovação final ao documento, que passou pelas câmaras alta e baixa do Parlamento no mês passado.O governo japonês deverá enviar os documentos oficiais à sede da Organização das Nações Unidas (ONU), em Nova York, amanhã pela manhã.A ratificação do Protocolo de Kyoto pelo Japão ocorre uma semana depois de os 15 países da União Européia (UE) terem assinado formalmente o documento.Koizumi pediu a outros países, entre eles os EUA, para que ratifiquem o tratado."Para garantir a eficiência das medidas contra o aquecimento global, é essencial que todos os países se esforcem para reduzir as emissões de gases poluentes causadores do efeito estufa", declarou."O Japão fará todo o esforço para o estabelecimento de regras comuns para que todas as nações, inclusive os Estados Unidos e os países em desemvolvimento, possam participar", concluiu.

Agencia Estado,

04 de junho de 2002 | 21h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.