Japonês de 16 anos ganha campeonato mundial de cubo mágico

Ele resolveu o cubo 'clássico', de seis faces formadas por nove quadrados, num tempo médio de 12,46 segundos

Associated Press,

08 de outubro de 2007 | 11h59

O jovem japonês de 16 anos Yu Nakajima conquistou o prêmio principal do Campeonato Mundial de Cubo Rubik (ou "cubo mágico", como ficou conhecido no Brasil). Ele resolveu o cubo "clássico", de seis faces formadas por nove  quadrados, cada face com uma cor diferente, num tempo médio de 12,46 segundos, em cinco tentativas. Com isso, Nakajima ganhou US$ 7.000, ou cerca de R$ 13.000.   Andrew Kang, dos EUA, ficou em segundo e Mitsuki Gunji, também do Japão, em terceiro. Kang obteve o melhor tempo um uma única tentativa - 10,88 segundos. O recorde mundial é 9,86 segundos, estabelecido pelo francês Thibaut Jacquinot em maio deste ano.   Mais de 250 competidores, de 33 países, tomaram parte no evento. Esta foi a quarta edição do torneio e  a primeira realizada na Hungria, onde o quebra-cabeça foi criado por Erno Rubik, em 1974.   Outros competidores exibiram perícias como resolver o cubo com o olhos vendados ou usando os pés. O finlandês Anssi Vanhala, 15 anos, dominou a categoria "com os pés", solucionando o cubo em 49,33 segundos.   O americano  Ryan Patricio, 18 anos, defendeu o título mundial na categoria com uma mão só e bateu um novo recorde mundial, média de 21,13 segundos em cinco tentativas.   O húngaro Mátyás Kuti foi o mais rápido nos cubos de 16 e 25 quadrados por face, e venceu diversos desafios de olhos vendados. Nessa categoria, os participantes tentam memorizar a posição de quadrados importantes do cubo antes de ter os olhos cobertos.

Tudo o que sabemos sobre:
cubo mágicorubikrecorde mundial

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.