Japoneses desenvolvem roupas high-tech para uso no espaço

As roupas íntimas e de ginástica deverão proporcionar maior conforto e segurança para astronautas

AP

22 de fevereiro de 2008 | 16h17

Um astronauta japonês vestirá cuecas e roupas de ginástica especiais durante sua próxima missão, a fim de testar se os novos tecidos high-tech podem aumentar os níveis de conforto na Estação Espacial Internacional (ISS), disse a agência aeroespacial japonesa (Jaxa) nesta sexta-feira, 22.   Segundo a agência, as cuecas flexíveis e sem costura, roupas de ginástica e meias são feitas de tecido ultraleve feito de fibras antibacterianas que proporcionam efeito desodorante, antisséptico e evitam eletricidade estática no espaço.   O astronauta Takao Doi vai experimentar as roupas no laboratório espacial japonês Kibo, onde passará por duas semanas em missão sem poder tomar banho.   As roupas foram desenvolvidas com a ajuda da companhia de artigos esportivos Goldwin Inc., da indústria química Toray Industries Inc. e da fábrica Kuraray Co.   O laboratório Kibo será enviado à ISS em partes para ser montado no espaço. A primeira seção do equipamento faz parte da carga do ônibus espacial Endeavour, com lançamento previsto para março.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.