Juiz nos EUA arquiva processo contra o Greenpeace

O juiz federal Adalberto Jordan, da cidade de Miami, arquivou um processo movido pelo governo dos Estados Unidos contra a organização Greenpeace. Em 2002, ativistas do grupo abordaram um navio que ia para Miami com mogno da Amazônia. O grupo estava sendo processado com base numa lei de 132 anos, que proíbe abordar barcos para reprimir prostituição em portos americanos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.