Laboratório espacial Columbus já prepara primeiras experiências

Astronautas e equipes em terra seapressam na quinta-feira para preparar o laboratório espacialeuropeu Columbus, recém-instalado na Estação EspacialInternacional, para suas primeiras experiências. No mesmo dia,a Nasa conclui os planos para a derradeira saída ao espaço dostripulantes do ônibus Atlantis. O módulo Columbus, que custou 1,9 bilhão de dólares àAgência Espacial Européia, foi colocado em órbita na semanapassada a bordo do Atlantis e instalado na primeira das trêssaídas que os astronautas devem fazer durante os nove dias devisita do ônibus espacial à Estação. "Ainda não consigo acreditar que o Columbus está emórbita", disse o diretor-geral da Agência Espacial Européia,Jean Jacques Dordain, aos astronautas. Durante essa comunicação, a chanceler alemã, Angela Merkel,cumprimentou o compatriota Hans Schlegel, membro da tripulaçãodo Atlantis, por sua primeira caminhada espacial, naquarta-feira. "Foi a primeira vez que vi a Terra de fora do veículo. Ascores eram muito vívidas", disse Schlegel, cuja saída foiadiada em dois dias devido a um problema de saúde. "É muito importante que a humanidade continue a pesquisarno espaço e tenha uma oportunidade de ir ao espaço e ver a belaTerra", acrescentou o astronauta. Na última saída desta missão, na sexta-feira, osastronautas Rex Walheim e Stanley Love vão instalar umtelescópio solar e materiais para experiências científicas nolado de fora do novo laboratório europeu. Eles também pretendem inspecionar uma junta enferrujada,que levou a Nasa a travar uma das duas "asas" com painéis deenergia solar, e vão verificar um pequeno buraco num corrimãoque já rasgou luvas de astronautas durante saídas anteriores. Enquanto isso, o Centro Espacial Kennedy, na Flórida,prepara o lançamento do próximo ônibus espacial, em 11 demarço, com o envio de parte do laboratório japonês Kibo. Oônibus Endeavour deve ser levado na segunda-feira para aplataforma de lançamento. A Nasa ainda pretende realizar nove missões para concluir aconstrução da Estação e dois vôos de reabastecimento antes deaposentar os ônibus, em 2010. Além disso, haverá um vôoadicional para a manutenção do telescópio espacial Hubble, emsetembro.

IRENE KLOTZ, REUTERS

14 de fevereiro de 2008 | 19h18

Tudo o que sabemos sobre:
CIENCIACOLUMBUSESTREIA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.