"Lama" aliviou o pouso da sonda na lua de Saturno

A sonda Huygens pousou numa região de "lama", perto de um grande "lago", segundo confirmam as análises da Agência Espacial Européia (ESA) sobre novas imagens recebidas da lua Titã.Não poderia haver melhor lugar para um pouso sem maiores impactos, comentou Charles See, da equipe de imagens da ESA.Os primeiros dados enviados pela sonda européia mostram uma superfície complexa, com um lago de grandes proporções e uma "orla" bem visível. No trecho que parece ser "solo", os pesquisadores viram fendas de forma parecida com "canais de drenagem".Mas "lago ou mar", naquela lua de Saturno, não podem ser vistos como são os mares e lagos da Terra. Lá não devem ser líquidos como na Terra, mas provavelmente uma "papa" de hidrocarbono quase congelada - a temperatura local é de cerca de 180 ºC negativos - , com a cor e a consistência de argila ensopada.

Agencia Estado,

18 de janeiro de 2005 | 15h35

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.