Lançada a sonda que testará Teoria da Relatividade

A sonda Gravity Probe-B, criada para checar a Teoria da Telatividade, do físico Albert Einstein, foi lançada no início da noite de terça-feira num foguete Delta II, da Boeing, da base aérea de Vandenberg, na Califórnia.Segundo a Nasa, a sonda ficará numa órbita polar para detectar sinais de distorção do espaço-tempo nas proximidades da Terra. Este é o primeiro estudo de observação direta sobre a distorção, já comprovada em observações indiretas envolvendo a Lua e outros astros.Segundo a teoria de Einstein, o tempo e o espaço se deformam pela presença de objetos maciços. Assim, a Terra e sua rotação deformariam o espaço-tempo ao seu redor, como ocorre com a superfície de um líquido ao ser ligado o liquidificador.A sonda tem quatro giroscópios (esferas) delicadíssimos dentro de um telescópio digital, que ficará apontado permanentemente para a estrela IM Pegasi, seu ponto de referência. O movimento das esferas - suspensas num campo magnético - indicará as possíveis distorções.O equipamento, desenvolvido pela Universidade de Stanford e pela Lockhee Martin, custou nada menos que US$ 700 milhões. O lançamento estava previsto para segunda-feira, mas foi adiado para acertos técnicos.

Agencia Estado,

21 de abril de 2004 | 10h07

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.