Lei de Biossegurança deve ser votada na quarta, diz Lula

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nesta terça-feira, em solenidade no Palácio do Planalto, que a Câmara dos Deputados "talvez vote amanhã" o projeto da Lei de Biossegurança. Ele admitiu que os deputados podem não votar o projeto enviado pelo governo, mas manifestou sua esperança de que a idéia principal da proposta nãoseja descaracterizada."Quem conhece o jogo parlamentar sabe que lá nós não fazemos o que queremos", observou. "Lá, nós fazemos o que podemos, porque tem outrasforças políticas e outros interesses".O presidente ressaltou, também, o trabalho de negociação desenvolvido pelo Conselho de Segurança Alimentar e pelos ministros como Congresso. "Nós negociamos até chegar a alguma coisa que não descaracterize a idéia principal do projeto de Biossegurança", afirmou.

Agencia Estado,

03 de fevereiro de 2004 | 12h47

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.