Lei de Biossegurança deve ser votada nesta 5.ª feira

A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) aprovou nesta manhã requerimento do relator do projeto da Lei de Biossegurança marcando para esta quarta-feira o exame da proposta por três comissões - de Assuntos Econômicos, Constituição e Justiça e Assuntos Sociais. O projeto deve ser votado emplenário na quinta-feira.O relator, senador Ney Suassuna, e os líderes dos partidos tentam nesta tarde chegar a um acordo sobre o dispositivo do artigo 5º do seu substitutivo, segundo o qual em qualquer caso de uso de células de embriões humanos para pesquisa e terapia será necessário ter conhecimento dos genitores do embriões, "sendo proibida a utilização daqueles sobre o qual não se conhece o vínculo parental".O ponto criou impasse após a alegação de assessores, de que esta obrigatoriedade terminaria inviabilizando as pesquisas. Mas Suassuna alega que, sem a necessidade de conhecer os doadores, haveria o risco da comercialização ilegal de embriões.

Agencia Estado,

14 de setembro de 2004 | 13h12

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.