Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Lixo atômico volta a preocupar no interior de SP

O prefeito de Itu, Herculano Júnior (PV), pediu uma inspeção no depósito de material radioativo no bairro do Botuxim, na zona rural do município, para verificar as condições de armazenamento do material.Segundo ele, o objetivo é verificar se o controle dos níveis de radioatividade das áreas e mananciais próximos do local está adequado. A prefeitura, por exemplo, não dispõe de informações atualizadas sobre os índices, embora as últimas medições estivessem dentro das margens de segurança."Precisamos nos assegurar de que os lençóis freáticos localizados na região continuam livres de contaminação", justificou o prefeito.A inspeção será feita provavelmente no próximo dia 17 pelo físico nuclear Robson Spinelli Gomes, do Instituto Nuclear Brasileiro (INB). O depósito existe desde a década de 70 e acumula terras raras, areia monazítica e outros elementos que podem ser reaproveitados em processos industriais.O material é classificado como radioativo. As valas de concreto que armazenam os produtos estão cercadas com muro e alambrado.O diretor da Defesa Civil do município, Maurício Carlos Lino dos Reis, alegou não ter recebido os resultados das últimas inspeções e os relatórios contendo análises dos lençóis freáticos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.