Lixo da Estação Espacial cai sem causar danos no Pacífico

Tanque de amônia, do tamanho de uma geladeira, havia sido arremessado ao espaço em meados de 2007

Associated Press,

03 de novembro de 2008 | 17h00

Um pedaço de lixo espacial do tamanho de uma geladeira caiu sem provocar danos no Pacífico Sul na noite de domingo,2, informa a Nasa.   O lixo era um tanque cheio de amônia da Estação Espacial Internacional (ISS), que não era mais necessário e que foi arremessado ao espaço pelo astronauta Clayton Anderson, em julho de 2007.   O gerente de programa da ISS, Mike Suffredini, disse que o destroço saiu no mar entre Austrália e Nova Zelândia, na noite de domingo.   O tanque vinha servindo como reservatório de fluido refrigerador na ISS desde 2001.

Tudo o que sabemos sobre:
issestação espaciallixo espacial

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.