Lula destaca dedicação à justiça social de d. Aloísio Lorscheider

D. Cappio ressalta engajamento do arcebispo falecido; OAB lembra atuação política contra a ditadura militar

Angela Lacerda e Gerusa Marques,

23 de dezembro de 2007 | 14h59

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva divulgou nota neste domingo, 23, lamentando pelo falecimento do arcebispo emérito de Aparecida, Dom Aloísio Lorscheider. O presidente destacou a "dedicação aos pobres e à justiça social", de d. Aloísio, como "exemplos que permanecerão vivos para todos os brasileiros".   Veja também: Morre o arcebispo de Aparecida dom Aloísio Lorscheider   Dom Aloísio, 83 anos, faleceu às 5h20 desta manhã de domingo, no Hospital São Francisco, em Porto Alegre (RS). Ele estava internado desde 28 de novembro, quando deu entrada no hospital com insuficiência cardíaca. Esta foi a quarta internação só neste ano do cardeal.   O bispo dom Luiz Flávio Cappio chamou de D. Aloísio de "verdadeiro pastor de almas" e destacou os serviços que o cardeal prestou à Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), nos tempos áureos em que ela assumiu a defesa dos pequenos e dos pobres". "Soube do falecimento do nosso querido irmão, que foi meu bispo e teve sempre para com ele um profundo respeito, por ele ter sido um verdadeiro pastor de almas. "Ele foi um verdadeiro franciscano, um santo sacerdote e um pastor digno do pastoreio de Nosso Senhor Jesus Cristo. Tenho certeza que, neste momento, ele já está colhendo os frutos de tantas boas sementes que plantou".   A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil manifestou em nota oficial sobre o falecimento do cardeal a inteligência e coragem do arcebispo de Aparecida, especialmente na sua defesa dos mais pobres, atuação que lhe tornou uma referência da Igreja Católica do País.   O presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Cezar Britto, divulgou nota à imprensa, ressaltando a atuação de d. Aloísio durante a ditadura militar em defesa dos direitos humanos. A OAB diz que durante os anos em que presidiu a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) - de 1971 a 1979 - o arcebispo "teve papel decisivo" no movimento pela redemocratização do Brasil.   (Com Agência Estado)

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.