Macacos da selva da Indonésia aprendem a pescar

Especialista diz que a mudança mostra a capacidade de adaptação da espécie às variações do ambiente

AP,

10 de junho de 2008 | 14h14

Macacos de cauda longa têm a reputação de saber dar um jeito de conseguir comida - seja colhendo frutas das árvores da selva ou roubando de turistas. Agora, pesquisadores dizem ter descoberto grupos de primatas de pêlo prateado na Indonésia que pescam.   Bandos de macacos de cauda longa foram vistos, por quatro vezes ao longo dos últimos oito anos, pegando peixes pequenos com as mãos e comendo-os ao longo de rios das províncias indonésias de Kalimantan Oriental e Sumatra do Sul, dizem pesquisadores da  Nature Conservancy e do Great Ape Trust. Sabia-se que a espécie comia frutas, além de capturar caranguejos e insetos, mas nunca tinha sido vista pescando em rios.   "É impressionante, depois de tanto tempo, ver um comportamento novo", disse Erik Meijaard, um dos autores do estudo sobre macacos pescadores que aparece na edição de maio do International Journal of Primatology. "É uma indicação de como conhecemos pouco a espécie".   Meijaard, um consultor científico da  Nature Conservancy, disse que não está claro o que levou os macacos de cauda longa a partir para a pesca. Mas afirmou que a mudança mostra um lado dos macacos que já era conhecido, a capacidade de adaptação às variações do ambiente e das fontes de alimento.   "São uma espécie sobrevivente, que sabe como lidar com condições difíceis", disse ele. "Seu comportamento tem o potencial de representar flexibilidade ecológica".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.