Madeireiros e fiscais do Ibama presos por extrair madeira

A Polícia Federal prendeu nesta terça-feira, em Ariquemes, a 200 quilômetros de Porto Velho, dez madeireiros e três fiscais do Ibama envolvidos num esquema de extração ilegal de madeira de unidades de conservação e reservas indígenas. A operação mobilizou 60 policiais. Há mandados de prisão contra outros quatro acusados.Segundo o procurador federal Elielson Ayres de Souza, uma das pessoas presas por envolvimento com a máfia da madeira é a ex-chefe interina do escritório do Ibama, Maria Auxiliadora Lima Siqueira, responsável pela alteração das informações das autorizações de transporte de produtos florestais no sistema informatizado do Ibama.A Polícia Federal estima que o esquema de corrupção e manutenção de empresas fantasmas e de fachada conseguiu retirar ilegalmente de Rondônia 120 mil metros cúbicos de madeira nobre.

Agencia Estado,

16 de setembro de 2003 | 19h28

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.