Divulgação
Divulgação

Maior variedade genética humana está na África, mostra estudo

Pesquisa revela que a espécie humana evoluiu adaptando-se a vários papéis ecológicos no continente

Associated Press,

30 de abril de 2009 | 15h35

Os primeiros seres humanos evoluíram no sul da África, provavelmente onde hoje está a fronteira da África do Sul com a Namíbia, e atualmente o continente tem mais variedade genética que qualquer outro ponto da Terra, diz o mais extenso estudo já realizado sobre a genética dos africanos.

 

Cientistas encontram pegadas humanas de 1,5 milhão de anos

Descoberta a mais antiga caverna ocupada por seres humanos

Caverna revela 'vida moderna' no litoral há 165 mil anos

Macho hominídeo tinha vida perigosa antes de formar harém

 

"dado que os humanos modernos evoluíram na África, eles tiveram tempo de acumular mudanças dramáticas" nos genes, explica a principal autora do trabalho, Sarah Rishkoff, da Universidade de Pennsylvania.

 

As pessoas adaptaram-se a diversos nichos ambientais na África, explicou ela. Por mais de 10 anos, a pesquisadora e uma equipe internacional viajaram pela África coletando amostras para comprara a genética de diversos povos. Trabalhando frequentemente em condições primitivas, eles às vezes tiveram de usar as baterias do carro para ativar os equipamentos, disse ela.

 

O motivo do trabalho? Sabe-se muito pouco sobre a variação genética nos africanos, um conhecimento que é vital para entender por que algumas doenças têm mais impacto em alguns grupos populacionais que em outros.

 

Scott M. Williams, da Universidade Vanderbilt, destacou que construir um padrão de variação da suscetibilidade a doenças pode ajudar a determinar quais genes predispõem um grupo a uma moléstia em particular. O novo estudo "oferece uma peça fundamental do quebra-cabeça", disse ele. O trabalho está na edição desta semana da revista Science.

Tudo o que sabemos sobre:
áfricagenéticaevolução

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.