Mais 13 crianças contaminadas por chumbo em Bauru

Mais 13 crianças tiveram confirmada a contaminação do sangue com mais de 10 microgramas de chumbo por decilitro, nível máximo tolerado pela Organização Mundial de Saúde. Elas fazem parte de um lote de 36 examinadas pelo Instituto Adolfo Lutz e, somadas aos casos anteriores, elevam para 276 o número de vítimas de contaminação ao redor da área metalúrgica da Indústria de Acumuladores Ajax, que continua interditada. Da mesma forma que já aconteceu com os outros casos identificados, essa vítimas passarão por um novo turno de exames e, continuando com índice altos, irão para tratamento.Enquanto as equipes médicas aguardam providências do Ministério da Saúde para internar 11 crianças com nível de contaminação acima de 25 microgramas, a comunidade espera para os próximos dias a divulgação dos laudos da Cetesb sobre a presença do chumbo no solo e nas águas próximas à indústria, que deverá decidir sobre a necessidade de remoção da população local.

Agencia Estado,

04 de julho de 2002 | 16h32

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.