Malásia cria projeto de alarme contra tsunamis

Depois da Alemanha e da Indonésia, foi a vez da Malásia anunciar que já finalizou seu projeto para um sistema de alerta de tsunamis. Segundo o ministro de ciência e tecnologia, Jamaluddin Jarjis, o alarme ficará ligado aos outros três centros de detecção, localizados na Índia, Indonésia e Tailândia.Na tentativa de prevenir-se de danos causados por maremotos, o país desenvolveu uma rede de bóias com radares ligados a satélites. De acordo com a agência Efe, o sistema alerta aos centros terrestres sobre o tamanho das ondas que se dirigem à costa a uma velocidade entre 600 e 700 quilômetros por hora, antes delas alcançarem o litoral.Jarjis afirmou também que estuda-se a possibilidade de instalar painéis informativos ligados aos centros de detecção em mesquitas, escolas e hotéis do país. O governo malaio também tem outro projeto que está em negociação junto às operadoras de telefonia móvel. O objetivo é utilizar as mensagens de texto para alertar sobre a chegada das ondas no litoral.

Agencia Estado,

16 de março de 2005 | 14h55

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.