Mantega assina contrato para financiar parques eólicos

O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) Guido Mantega, e o presidente da Ventos do Sul Energia S/A, Telmo Magadan, assinam hoje às 15h contrato de financiamento de R$ 465 milhões para a instalação de três parques eólicos, no município de Osório, no Rio Grande do Sul. A aprovação do financiamento já tinha sido anunciada em 20 de setembro pelo banco estatal. Em comunicado, o BNDES lembra que o crédito do banco corresponde a 69% do valor total do investimento, sendo R$ 105 milhões liberados diretamente pelo BNDES e os outros R$ 360 milhões repassados através de um consórcio de bancos, formado pelo Banco do Brasil, Santander, ABN Amro Real, BRDE Caixa do Rio Grande do Sul e Banrisul. A Ventos do Sul S/A é uma Sociedade de Propósito Específico (SPE) criada com a finalidade de construir três parques eólicos, denominados Parque Eólico dos Índios, de Osório e de Sangradouro. "A SPE é composta por três empresas: a espanhola Enerfin Enervento S/A (controlada pela Elecnor, umas das principais operadoras de energia elétrica do mundo), a brasileira Wobben (fabricante de aerogeradores e subsidiária do grupo alemão Enercon, que fornecerá os equipamentos do projeto), e a CIP Brasil (constituída por dirigentes da Ventos do Sul)", detalhou o banco, em comunicado.

Agencia Estado,

04 de outubro de 2005 | 10h25

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.