Manter ônibus espacial antigo custará US$ 3 bi por ano

Obama tinha sugerido adiar aposentadoria da nave até que substitutas tivessem sido desenvolvidas

AP,

08 de janeiro de 2009 | 18h40

O chefe da Nasa disse que custará US$ 3 bilhões extras ao ano para manter o ônibus espacial voando depois da data prevista para sua aposentadoria, no ano que vem. Além disso, aumentaria o risco de acidentes mortais.  O administrador da Nasa, Michael Griffin, disse a um grupo industrial nesta quinta-feira, 8, que a agência avaliou quanto custaria para manter a nave voando depois de 2010. O presidente George W. Bush quer substituir a nave com uma nova pra ir à Lua, mas isso significaria cinco anos dependendo da Rússia para levar astronautas para a Estação Espacial Internacional (ISS). O presidente eleito Barack Obama propôs adiar a aposentadoria da nave. Griffin disse que voar com as naves até que as substitutas estejam prontas em 2015 custará US$ 15 bilhões adicionais em cinco anos.

Tudo o que sabemos sobre:
Nasaespaçociência

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.