Mars Express entra em órbita polar ao redor de Marte

Numa operação bem-sucedida, a sonda européia Mars Express foi colocada em órbita polar ao redor do planeta Marte, o que a aproxima da superfície marciana e permite aos cientistas planejar, a partir do dia 7, as tentativas para que entre em comunicação com o robô Beagle 2, com o qual a Terra perdeu contato no dia 25, quando deve ter descido na superfície do planeta vermelho.Uma das hipóteses para a falta de sinais é de que o robô tenha caído dentro de uma cratera de 1 quilômetro de diâmetro e centenas de metros de profundidade. O anúncio foi pela Agência Espacial Européia (ESA).Segundo o diretor de vôo Michael McKay, o satélite agora sobrevoa Marte a uma altura que varia entre 300 e 10 mil quilômetros. O Mars Express passou por uma correção de trajetória, já que até hoje evoluía numa órbita provisória, equatorial. A órbita atual é necessária para permitir que o aparelho percorra, na sua missão de exploração, toda a superfície marciana.Uma última correção para aperfeiçoar essa órbita está prevista para domingo. A "nave-mãe" terá então melhores condições para sobrevoar o lugar de descida do Beagle 2, o planalto de Isidis, acrescentou a ESA.A sonda Mars Express, lançada em junho, é fruto do primeiro projeto exclusivamente europeu de exploração de Marte, em busca de sinais de vida no planeta.

Agencia Estado,

30 de dezembro de 2003 | 17h21

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.