Mau hábito do dono afeta saúde de bichos de estimação

O estilo de vida pouco saudável de muitos britânicos está causando danos a seus animais de estimação, com um número cada vez maior sofrendo de doenças cardíacas e diabetes, afirma um estudo.Os animais que vivem na Escócia e no País de Gales são os que sofrem maior risco de ter uma saúde precária, de acordo com a ONG PDSA, que vela pela saúde dos animais de estimação.A entidade fez um levantamento sobre os riscos para a saúde dos animais ao analisar os tratamentos prestados a 45 mil gatos e cachorros atendidos por ela.Hábitos alimentares?Os donos deveriam pensar duas vezes antes de compartilhar biscoitos e doces com seus bichinhos?, alertou a PDSA.Os animais que vivem em Londres ficaram em quarto lugar no ranking de risco para doenças cardíacas e diabetes, o que, segundo a entidade, pode ser atribuído a estilos de vida intensos, aos perigos do trânsito e à falta de espaços verdes.As duas enfermidades estão relacionadas a maus hábitos alimentares e à carência de exercícios."Membros da família"?Nós tratamos os bichinhos como membros de nossa família, então é inevitável que nossos hábitos alimentares e opções de exercício físico tenham um impacto na saúde e bem-estar deles também?, afirmou a entidade.Os animais de estimação mais saudáveis vivem no noroeste da Grã-Bretanha.Outra conclusão da PDSA é que o risco dos animais de estimação sofrerem de coração é seis vezes maior do que o de desenvolverem diabetes, e a enfermidade é duas vezes mais comum entre cachorros do que entre os gatos.

Agencia Estado,

24 de junho de 2005 | 11h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.