MCT lança 1.º edital para pesquisa com células-tronco

O ministro da Ciência e Tecnologia, Eduardo Campos, lança nesta quinta-feira o primeiro edital envolvendo pesquisas com células-tronco embrionárias. Nessas pesquisas serão investidos R$ 11 milhões, dos quais R$ 5,5 milhões provenientes do Fundo Setorial de Biotecnologia (CT-Biotec), administrado pelo MCT, e R$ 5,5 milhões do Ministério da Saúde.O lançamento ocorre durante a reunião da Frente Plurissetorial em Defesa da Ciência, Tecnologia e Inovação, no Plenário 3 da Ala das Comissões da Câmara dos Deputados, a partir das 10h00.O edital prevê o financiamento de projetos de pesquisas básicas, pré-clínica e clínica relacionados ao desenvolvimento de procedimentos terapêuticos inovadores em terapia celular, utilizando células-tronco adultas derivadas da medula óssea, do cordão umbilical e também de células-tronco embrionárias.Na reunião de Frente Plurissetorial deverá também ser discutida, em primeira mão, a minuta do projeto de lei que trata de incentivos fiscais à inovação que será encaminhado ao Congresso Nacional no próximo dia 15.Também está em pauta a discussão da a apresentação de emenda à Lei de Diretrizes Orçamentárias, visando ao não contingenciamento dos recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT).Deverá estar em pauta, por fim, a discussão da minuta de proposta de emenda constitucional (PEC) que exclui da Desvinculação de Receitas da União (DRU) os fundos que compõem o FNDCT numa proporção de 20% a cada ano, a partir de 2005.   leia mais sobre células-tronco

Agencia Estado,

07 de abril de 2005 | 09h15

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.